23 novembro 2008

Workshop Constelações e Astrologia

Recebi por mail do Cecílio Regojo e já efectuei a minha inscrição :-)


Este workshop destina-se ao público em geral e tem como objectivo o desenvolvimento da Autoconsciência numa perspectiva integrada e dinâmica combinando de forma inovadora duas metodologias de vanguarda:

· a abordagem sistémica-fenomenológica denominada por Constelações Sistémicas e desenvolvida por Bert Hellinger, considerado o terapeuta mais inovador do séc. XX;
· a Astrologia integrada e humanista, na linha filosófica de Dane Rudhyar, mentor do esoterismo moderno e da psicologia astrológica - transpessoal.

Através de dinâmicas vivenciais e humanas serão expressos de forma plenamente intuitiva os núcleos psicológicos que estão na origem dos desafios de vida dos participantes, alcançando-se a visão surpreendente de soluções para as seguintes questões:

· Como devo orientar a minha vida profissional?
· Como me poderei realizar mais a nível emocional?
· Como lidar com este problema concreto da minha vida?
· Como se manifesta a minha Lua astrológica?
· Que diálogos estabelecem os meus planetas?
· Como vivo os quatro quadrantes da vida?
· Qual o próximo passo para a minha realização?

Serão apresentados de forma criativa os diversos factores que compõem o mapa astrológico, sendo realizados exercícios em que os participantes irão dialogar e interagir com os seus próprios arquétipos internos (os planetas) na forma humana.

Trata-se de um workshop de vanguarda que não requer conhecimentos prévios e que reúne dois especialistas destas áreas fascinantes do desenvolvimento pessoal.

Formadores:
·Cecilio Regojo - consultor, formador e especialista internacional em Constelações Organizacionais (www.talentmanager.pt)
·João Medeiros - investigador, consultor, especialista e formador em Astrologia Integrada (www.ceia-astrologia.com)

Local: Hotel Riviera **** (Rua Bartolomeu Dias - Junqueiro), Carcavelos

Datas: 6 e 7 de Dezembro, das 9h45 -18h (sábado e domingo, véspera de feriado)

Preço: 90 € - Contactos para inscrição/ pagamento:

E-mail systemic@talentmanager.pt ou 934 519 934

Informações detalhadas:
http://www.ceia-astrologia.com/ASA-Autoconsciencia.pdf

16 novembro 2008

O Grupo de Estudo PNL - Lisboa apoia:





"Tive o privilégio de participar do 14º e do 15º Internacional Camp ( 2007 e 2008) e recomendo vivamente."
Teresa Amorim

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more

Oferta de 20% de Desconto para inscrições efectuadas através da CDRH-Consultores
Tel: 21 7152040 /E-mail: geral@cdrh-consultores.com

2° Congresso Mundial de PNL e Coaching - 2009
PNL E COACHING para alcançar a excelência em todos os níveis do Ser Humano - pessoal, profissional e espiritual - superando limites e transcendendo dimensões.
Data: 28/1 a 01/02/2009
Local de Realização: Mendes - Rio de Janeiro - Brasil
Realização:
International Association of NLP-Institutes - IN, Alemanha
International Association of Coaching Institutes - ICI, Alemanha
Metaforum International - Academia de Desenvolvimento de Competências, Alemanha, Itália, Brasil
INAp - Instituto de Neurolingüística Aplicada, Brasil
NLP & Coaching Institut, Alemanha

16° International Camp 2009
No METAFÓRUM você aprende as abordagens sistêmicas mais recentes usadas no trabalho de mudança, tais como PNL, Coaching, Hipnoterapia, Constelações e Cinesiologia.
Forme-se com trainers internacionais de destaque, com certificação das associações internacionais mais importantes.
O Congresso e o Camp estarão sediados no paradisíaco Parque Ecológico do Centro Marista São José das Paineiras, confortável e acolhedor, nas montanhas de Mendes - Río de Janeiro - Brasil

Data: 01 a 20/02/2009


CURSOS COM DURAÇÃO DE 3 SEMANAS:

COACHING INTEGRATIVO
01 a 20 de Fevereiro de 2009
9 dias de Coaching Neurolingüístico
9 dias de Coaching Sistémico
Trainers: Bernd Isert, Dr. Jairo Mancilha, Sabine Klenke

PRACTITIONER EM PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA
01 a 20 de Fevereiro de 2009
9 dias PNL aplicada à comunicação e negócios
9 dias PNL aplicada à saúde e desenvolvimento pessoal
Trainers: Anhard v. Lachner, Arline Davis, Dr. Jairo Mancilha,
Tom Best, Bernd Isert

MASTER EM PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA

01 a 20 de Fevereiro de 2009
9 dias PNL aplicada à saúde e desenvolvimento pessoal
9 dias PNL aplicada à comunicação e negócios
Trainers: Arline Davis, Tom Best, Bernd Isert, Sabine Klenke

TRAINER EM PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA
01 a 20 de fevereiro de 2009
9 dias para habilidades de apresentação
9 dias para liderança de grupos e ensinar PNL
Trainers: Arline Davis, Tom Best, Bernd Isert, Dr. Jairo Mancilha

TRABALHO DE MUDANÇA XAMÂNICO

01 a 20 de fevereiro de 2009
6 dias Terapia de Iniciação com Arquétipos Xamânicos
6 dias Xamanismo ritualístico com tenda de suor e produção de tambores
6 dias Trabalho Energético com Fogo Sagrado
Trainers: Rowland A. Barkley, Carlos Henrique, Ernani Fornari, Sthan Xannia

CONSTELAÇÃO SISTÉMICA INTEGRATIVA
01 a 20 de fevereiro de 2009
9 dias na área de famílias e crescimento pessoal
9 dias na área de negócios, organizações e profissões
Trainers:Bernd Isert, Sabine Klenke, Cornelia Benesch

COACHING ENERGÉTICO
01 a 20 de fevereiro de 2009
6 dias Body Mind Coaching
6 dias Touch for Health 1 e 2
6 dias Touch for Health 3 e 4
Trainers: Nehemias Tavares, Mandiro Ordyniak
*****
CURSOS COM DURAÇÃO DE 2 SEMANAS
TOUCH FOR HEALTH
09 a 20 de Fevereiro de 2009
Trainer: Mandiro Ordyniak

HIPNOTERAPIA E HIPNOSE ERICKSONIANA
01 a 10 de fevereiro de 2009
Trainers: Consuelo Casula, Dr. Jairo Mancilha

CURSOS COM DURAÇÃO DE 1 SEMANA
NA 1ª SEMANA:

INICIAÇÃO À COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA DE MARSHALL ROSENBERG
01 a 07 de fevereiro de 2009
Trainers: Sven Fröhlich-Archangelo, Markus Sikor

BODY MIND COACHING
01 a 07 de fevereiro de 2009
Trainer: Nehemias Tavares

TERAPIA DE INICIAÇÃO COM ARQUÊTIPOS XAMÂNICOS
01 a 07 de fevereiro de 2009
Trainer: Rowland A. Barkley

*****
NA 2ª SEMANA

VIVENDO EM UNIDADE ALINHAMENTO DE CORPO, MENTE E ESPÍRITO
09 a 14 de fevereiro de 2009
Trainer: Silvana da Cunha

TOUCH FOR HEALTH MÓDULOS 1 E 2
09 a 14 de Fevereiro de 2009
Trainer:Mandiro Ordyniak

XAMANISMO RITUALÍSTICO COM TENDA DE SUOR E PRODUÇÃO DE TAMBORES
11 a 16 de fevereiro de 2008
Trainer: Sthan Xannia
DINÂMICA EM ESPIRAL
09 a 10 de fevereiro de 2009
Trainer: Dr. Jairo Mancilha
******
NA 3ª SEMANA

TOUCH FOR HEALTH MÓDULOS 3 E 4
16 a 20 de Fevereiro de 2009
Trainer:Mandiro Ordyniak

CURSO DE FORMAÇÃO BÁSICA OURO VERDE E FOGO SAGRADO
16 a 20 de fevereiro de 2009
Trainers: Carlos Henrique, Ernani Fornari


CERTIFICAÇÕES
Após a conclusão de cada curso, os participantes receberão o certificado internacional do Metaforum. Adicionalmente, há opção de certificação pelas seguintes associações:
PNL: DVNLP, NLP-IN, IANLP, Society of NLP;
Coaching: ICI, ECA, DVNLP;
Constelações: DGfS
Coaching Energético: Touch for Health 1 a 4
Hipnoterapia: IMERJ

INSCRIÇÕES

CDRH - Consultores

Tel: 21 7152040 / geral@cdrh-consultores.com

http://www.cdrh-consultores.com/

Acelerando o despertar da Consciência

Recebi por mail do Dr. Jairo Mancilha

Bom dia

Estive na Índia em Setembro, onde participei de um processo/retiro na ONENESS UNIVERSITY de 9 dias visando o despertar da consciência para o Agora e para a Unidade.
Valeu a pena!
Lá assisti um vídeo do Anthony Robbins, que é parceiro de Bhagaván, criador da Oneness University. Tony Robbins está divulgando e participando do movimento nos EUA e Europa. Estamos apoiando o movimento no Brasil, onde já temos cerca de 200 brasileiros que participaram do processo. Em janeiro de 2009 haverá outro grupo de brasileiros. Seguem abaixo informações para os interessados.
Recomendo com empenho!
Cordialmente;

Jairo Mancilha
Diretor do INAp




Vivências da
Consciência de Unidade

Oneness University - Índia
Centro de aprendizado e crescimento

O movimento mundial para o despertar da consciência humana, fica mais próximo de nós através dessa experiência única. A Oneness University oferece uma atmosfera para as pessoas despertarem a consciência, levando-as à “felicidade” individual e familiar. Dedicado a pessoas de todas as crenças e religiões.

◊ O Processo da Unidade (Oneness Process) - é uma integração bem equilibrada de coração e intelecto, de conhecimento e devoção, de esforço humano e graça divina, que culmina com o descobrimento e a experiência da Presença Divina na vida dos que a buscam.

Guiados pela meditação e a contemplação pelos ensinamentos de Sri Amma Bhagaván, os participantes fazem uma viagem interior que os conduz por vários pontos do caminho espiritual - aceitação de si mesmo, aceitação do outro, compreensão da mente, de si mesmo e do Divino.

◊ Benção da Unidade - o Processo é potencializado pela Benção da Unidade (Oneness Blessings ou Dikshas) de Sri Amma Bhagaván, outorgadas pelos Guias que vivem em estado desperto de consciência.

Uma auspiciosa cerimônia de iniciação capacita os participantes a converterem-se em canais para que as Energias da Benção da Unidade fluam através deles. A partir daí, eles adquirem o poder de efetuar a transformação em outros seres humanos e compartilhar a visão de Sri Amma Bhagaván, para a transformação e elevação da Consciência da humanidade (“A Global Oneness Age”)

◊ Próxima Turma – 15 a 23 de Janeiro de 2009.
O Processo de Unidade (9 dias) é conduzido pela Oneness University – Índia, no campus da Cidade Dourada (Golden City) , Bathalavallam, a 90 km da metrópole de Chennai – Índia. A participação no Processo de Unidade é possível através do registro prévio (grupos limitados).

◊ Investimento – US$3,200.00 (três mil e duzentos dólares).
Inclui custos do Processo, traslados, hospedagem e alimentação na Oneness University (não incluindo passagem aérea).

Reserve já a sua vaga!

Mais informações:
INAp - Instituto de Neurolingüística Aplicada
Praia do Flamengo, 278 / 2º andar - Flamengo Rio de Janeiro/RJ - CEP 22.210-030
00 55 21 2551-1032 / 00 55 21 2551-7647

Palestra Jair Moretti - 1º Congresso de Coaching e PNL - LISBOA

06 novembro 2008

Crescer ou crescer, eis a razão!


1° Congresso de Coaching e Programação Neurolinguistica
por Sam Jolen

No último final de semana passei por momentos incríveis, dois dias inteiros compartilhando experiências e conhecimentos com pessoas de diversos cantos do planeta, sobre os mais variados temas possíveis, mas sempre com o mesmo foco, a “Excelência Organizacional”. O palco desse encontro memorável foi o Centro Cultural de Belém, e os personagens que participaram desse mega evento eram 15, cada qual com sua maestria, compartilhando e colocando a prova o crescimento pessoal e profissional, independente da origem, idioma, costumes e áreas de actuação.


As pessoas começaram a lotar a sala logo na sexta-feira pela manhã, um a um rostos iam chegando, com uma expectativa que deixava no ar um mistério sobre o que iria acontecer. A recepção do evento foi muito bem orquestrada, e era perceptível que os participantes estavam sendo tratados como verdadeiros reis e rainhas, algo muito importante, ainda mais quando se esta abordando um tema como a excelência organizacional, pois um ambiente em que os elementos se sentem valorizados possui muito mais condições de atingir o sucesso planeado.
Dentro do horário previsto o evento começou com uma grande surpresa, todos foram convidados a caminharem pela sala, se cumprimentando, e aprendendo a olhar para seus semelhantes de uma maneira que nunca haviam feito antes, no começo pareceu algo difícil, mas pouco a pouco o ambiente de um congresso internacional, foi tomando um ar de um grande encontro de amigos recém descobertos. Sorrisos estavam por todos os lados e não era preciso ser nenhum tipo de vidente para saber que o evento seria um grande sucesso.
Tudo foi correndo como o previsto; o que se via no palco era algo raro em qualquer lugar do mundo, especialistas subindo ao palco e entregando um menu farto que misturava conhecimento das mais variadas áreas possíveis, fazendo com que todos os presentes experimentassem as mais diversas formas de alcançar um verdadeiro crescimento pessoal e profissional.
Um ponto negativo desse congresso logo veio à tona, era muito pouco tempo para muitas mentes brilhantes, foi uma pena ter que se despedir de um palestrante depois de uma hora de apresentação, quando era totalmente perceptível que ele tinha ainda muito a oferecer, e que tínhamos todos muito a aproveitar sobre o seu tema. Mas logo percebi que aquilo foi feito para que todos nós sentíssemos um gostinho de quero mais, algo que abrisse o nosso apetite para o crescimento. Na hora me veio uma frase incrível na cabeça, que foi dita pelo grande empresário Ray Kroc, o homem transformou o Mcdonald´s de uma lanchonete de família, na maior rede de restaurantes do mundo, ele sempre dizia “O verde sempre amadurece, enquanto o maduro só apodrece”. Palavras sábias, vindas de alguém que sempre estava disposto a aprender, pois quando nos fechamos para novas informações, aceitamos nossa ignorância que pensa já saber de tudo.
Mais incrível que as grandes palestras que tivemos, também tenho que ressaltar a deslumbrante beleza do Centro Cultural de Belém dividida por todas as partes para onde era possível olhar. O palco tinha como pano de fundo um belíssimo espelho d água, o delicioso almoço tinha vista para o mar com direito a barcos a vela cortando a paisagem, e até na hora da saída tínhamos um grande vislumbre do Mosteiro dos Jerónimos todo iluminado e tomando conta da paisagem nocturna.
Durante as integrações e os intervalos, era possível ver no rosto das pessoas o quanto cada um estava aproveitando o evento, alguns sorriam, outros ficavam apenas introspectivos, só uma coisa era certa, todos estavam tendo um grande aprendizado com tudo aquilo. O que deixou mais claro essa mensagem foi o final do evento, onde todos se reuniram a frente do palco para uma foto de todo o grupo, com os palestrantes e os participantes. Após muitos abraços e apertos de mão de despedida, pouco a pouco a sala do Centro Cultural de Belém foi se esvaziando, até que ficasse totalmente deserta. Como diz um ditado, se duas pessoas se encontram e trocam um euro entre si, cada um vai embora com a mesma quantia que chegou, mas se duas pessoas se encontram e trocam conhecimentos, cada um sai com muito mais do que antes.
Quero deixar um agradecimento especial para cada um dos participantes e para a grande troca de energia que aconteceu ao longo do congresso. Tenho certeza que durante os 2 dias de evento muitos insights brotaram em suas mentes, e muitos projectos que pareciam antes impossíveis agora ganharam novas chances para se tornarem realidade. A todos vocês mando os meus parabéns e um até logo.


Pois o próximo congresso já está marcado para 16 e 17 de Outubro de 2009.


Até lá!

Sam Jolen
27 de outubro de 2008

Sucesso!


05 outubro 2008

Mapas do Mundo

brandi carlile - the story



The Story
Brandi Carlile
All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I amBut these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them toIt's true...I was made for you

I climbed across the mountain tops
Swam all across the ocean blueI crossed all the lines and I broke all the rules
But baby I broke them all for you
Because even when I was flat broke
You made me feel like a million bucks
Yeah you do and I was made for you

You see the smile that's on my mouth
Is hiding the words that don't come out
And all of my friends who think that I'm blessed
They don't know my head is a mess
No, they don't know who I really am
And they don't know what I've been through like you do
And I was made for you...

All of these lines across my face
Tell you the story of who I am
So many stories of where I've been
And how I got to where I am
But these stories don't mean anything
When you've got no one to tell them to
It's true...I was made for you

As vantagens da meditação



Veja neste vídeo alguns dos benefícios que a meditação traz para o corpo e mente.

Os benefícios da meditação têm sido investigados pela ciência. "Pesquisas científicas a tornaram mais aceita", diz Klebér Tani, presidente da Sociedade Internacional de Meditação no Rio de Janeiro. Segundo ele, estudos mostram que o nível de relaxamento durante a meditação é de seis a oito vezes maior do que durante o sono. Além disso, o dispêndio de oxigénio pode diminuir em até 60%, resultando em economia de energia. "Esse acúmulo de energia após 15 minutos de meditação deixa a pessoa mais desperta e alerta. Pronta para encarar mais um dia de trabalho", afirma ele, que ao longo de 17 anos formou seis mil meditadores. De acordo com Tani, a meditação diminui a produção de cortisol – identificado como um das hormonas do stress.
Fonte: Programa Atividade - Globo Internacional

Meditação: stress ao controle da mente


Quando o cérebro emocional não está funcionando bem, o coração sofre e se desgasta. Essa relação funciona em mão dupla - o coração acaba por influenciar o nosso cérebro também. Alguns cardiologistas e neurologistas chegam a se referir a um "sistema cardíaco-cerebral", que não pode ser dissociado. A harmonia desse sistema pode ser obtida por um método simples, com efeitos que incluem, até, um retardo parcial do envelhecimento: a regulação da coerência cardíaca.
A coerência não é um estado de relaxamento no sentido convencional. Ela não exige se retirar do mundo, mas balancear a resposta emocional mesmo em face de circunstâncias exteriores menos do que ideais, usando técnicas tradicionais usadas em ioga: atenção, meditação e relaxamento. Concentrar seu foco na respiração, visualizar mentalmente o fluxo do ar dentro do corpo e tomar consciência das reacções do coração (temperatura e bem-estar) são os passos para deixar o sistema em harmonia. Na Universidade de Stanford, um estudo demonstrou que o método reduz a incidência de doenças emocionais, além de ser um tratamento indicado para insuficiência cardíaca. O sistema imunológico como um todo se beneficia.

O stress crónico produz ansiedade e depressão, além de ter impactos negativos no corpo: insónia, rugas, pressão alta, palpitações, dores nas costas, problemas epidérmicos e digestivos, infecções crónicas, esterilidade e impotência sexual são alguns deles. Aprender técnicas de meditação pode ajudar os praticantes a reduzirem tanto os efeitos psicológicos quanto os físicos, afirma pesquisa da Universidade West Virginia, nos EUA.

A prática também diminui a pressão sanguínea pela redução da constrição dos vasos e, em consequência, diminui o risco de doenças cardiovasculares. Em Maio deste ano, um relatório publicado pelo American Journal of Cardiology reporta que a meditação transcendental aumenta a expectativa de vida e reduz o risco de morte por causas gerais em 23%. Se consideradas apenas as enfermidades cardíacas, o número sobe para 30%. Mortes por câncer são reduzidas em 49%.


Fonte: Revista Galileu (globo.com)

29 setembro 2008

Percepções - Espectáculo Fuerza Bruta encanta a platéia



O espectáculo argentino Fuerza Bruta mistura música, dança, teatro e circo.
Em pouco mais de uma hora, 11 actores criam cenas e imagens incríveis, que já foram vistas em sete países.

Fonte: Fantástico - Rede Globo - Brasil

28 setembro 2008

Noscilene Santos e Eliane Petean - palestra e dança circular


E se aquela crença limitante aparecer...


Eu vou viver dez
Eu vou viver cem
Eu vou vou viver mil
Eu vou viver sem você...

Danças Circulares ou Danças dos Povos

Danças Circulares Sagradas, ou Danças dos Povos
Estes são os nomes que definem um trabalho ímpar, desenvolvido no Brasil desde 1993 e que vem se espalhando com muita força em todos os estados deste grande país.
“A dança sempre foi o modo natural do homem se harmonizar como o Cosmos. Trabalhar a dança e a música de outra cultura permite respeitar as diversidades culturais”, explica Renata Ramos uma das pioneiras desse trabalho no Brasil.

Origem
A metodologia de trabalho com as Danças Circulares Sagradas foi criada por Bernhard Wosien (1908-1986) - alemão, bailarino e pedagogo da dança - a partir de sua pesquisa com as Danças Folclóricas e Étnicas da Europa Oriental, iniciada em 1952.
Contagiado pela alegria e vibração das danças populares, Bernhard idealizou uma proposta de utilização para as áreas de educação e saúde. As danças que no seu formato tradicional não eram em círculo, foram adaptadas, para conectar profundamente as pessoas na roda. Assim nascia a "Sacred Dance" - Dança Sagrada, na qual o "sagrado" diz respeito ao poder de elevação do espírito humano, associado à prática da dança e não a uma religião propriamente dita.
Nos últimos 25 anos de vida, o agora "dançarino", dedicou-se integralmente a pesquisar e ensinar as danças de roda como pedagogia e terapia de grupo em instituições educacionais e clínicas nas áreas de Serviço Social e Terapia Ocupacional.
Em 1976, aos 68 anos, Bernhard foi convidado a implantar as Danças Sagradas na Fundação Findhorn -Centro Internacional de Educação Transdisciplinar, fundado em 1962, na Escócia. Um convite que foi determinante para a expansão do movimento das Danças no mundo.
Desde 1976, Findhorn promove anualmente em Julho, o Festival Internacional de Danças Circulares Sagradas, que tem contribuído para trocas valiosas entre os povos e o enriquecimento do repertório. São danças tradicionais e contemporâneas dos quatro cantos do mundo - Ásia, Europa, África e América.

Áreas de Aplicação:
Organizações públicas e privadas - Empresas, Escolas, Hospitais - Comunidades, Grupos de Desenvolvimento Humano e Profissional, Encontros, Palestras e Celebrações

A Dança Circular é cooperativa por natureza. Assim, nos tempos actuais, quando as pessoas estão buscando caminhos para harmonizar as diferenças, este tipo de proposta cai como uma luva por sua simplicidade e profundidade. Em roda, de mãos dadas, olhos nos olhos, o resgate das danças folclóricas traz a ancestralidade à flor da pele e conecta cores, raças, tempos e espaços, acessando outros níveis de consciência e percepção. Esta prática prepara o ser humano para uma nova etapa da humanidade, onde harmonia e paz serão reflexos de atitudes de cooperação e comunhão.

Por todas estas razões, a aplicabilidade das Danças Circulares Sagradas não tem limite. Ela está sendo vivida nos mais diferentes espaços de convivência: empresas, presídios, escolas, instituições, órgãos públicos, hospitais e qualquer lugar que abrigue seres humanos precisando de paz, calor humano, amor e compaixão.

Alguns Benefícios:
1. Harmonia entre corpo-mente-espírito;
2. Elevação da Auto-estima
3. Consciência corporal - coordenação motora, ritmo, sintonia, flexibilidade;
4. Aprendizagem criativa, o desenvolvimento da inteligência integral e expansão de habilidades, incluindo-se a intuição, o imaginário, a sensibilidade e o corpo no processo de receber e transmitir conhecimentos;
5. Ampliação do potencial humano com a vivência da arte, do lúdico, do belo, do prazer, da alegria e da conexão com o sagrado;
6. Reconhecer e Valorizar as Identidades Culturais diversas, para o encontro criativo e harmónico com os outros povos - enraizar para a globalização consciente.
7. Sensibilização para a vivência de Valores Humanos e Princípios Éticos Universais - Respeito e inclusão do diferente, através do contacto ético e estético com pessoas e culturas diversas;
8. Aprender a Conhecer - competência cognitiva; Aprender a Fazer - competência técnica; Aprender a Conviver - competência social; Aprender a Ser - competência humana: os quatro pilares básicos da educação sustentável, recomendados pela UNESCO.

É assim mesmo que acontece com quem entra na roda.
O caminho para descobrir é simples: entre na roda e viva esse sabor!


video

De Mãos Dadas, experenciamos Alegria.
De Mãos Dadas, experenciamos a Unidade.
De Mãos Dadas, experenciamos a Cooperação.
(Renata Ramos)


Renata Ramos é focalizadora de Danças Circulares Sagradas desde 1993 e ministra cursos no Brasil.

Fontes:

A arte de dar e receber feedback

Noscilene Santos
Um feedback é como presente, as vezes falta-nos preparo para dar e receber. Na medida certa, pode se transformar numa grande oportunidade de crescimento.
Quem oferece deve ter a habilidade de comunicar-se objectivamente e apresentar evidências. Apontar o que deve ser melhorado. Quem recebe deve ter o bom senso de ouvir silenciosamente, não justificar, simplesmente agradeça ao interlocutor e reflicta sobre cada palavra. Descobrirás que a dor provocada é o preparo necessário para o fortalecimento pessoal.
Saber ouvir e compreender é o grande segredo dos sábios.
Noscilene Santos é Palestrante e Coach Internacional certificada pelo European Coaching Association e International Association of Coaching Institutes, Máster e Trainer em Programação Neurolingüística. Graduada em Comunicação Social e Administração de empresas, especialização em Gestão empresarial.
noscilene.santos@peopletraining.com.br

Corpo e mente influenciam-se um ao outro.

Doenças Psicossomáticas - Definição e exemplos

Colaboradores saudáveis são trabalhadores sem limites

José Moromizato
Tratamento baseado no método de Schultz ajuda a aumentar o rendimento na produção.

São Paulo - É crescente o número de empresas que investem em programas de qualidade de vida com o objectivo de proporcionar aos seus colaboradores um perfeito bem-estar físico, mental e comportamental. Segundo uma pesquisa realizada pela Mercer Human Resource Consulting, 35% das 335 empresas pesquisadas direccionam 9% da folha de pagamentos para despesas ligadas à saúde, sendo que boa parte é destinada a afastamentos causados por stress ou até mesmo depressão, grande problema do início de milénio, que acomete cerca de 6% da população e é a segunda causa de mortes, depois dos acidentes.
Levando em consideração essa série de factores, investir em prevenção, a fim de melhorar a saúde dos funcionários, tornou-se fundamental. Afinal, saúde é sinónimo de alegria, disposição, ausência de limites, entusiasmo, não se cansar com facilidade, felicidade, ter um sono reparador, levantar-se com disposição, motivação, bem-estar físico e emocional. Todos esses ingredientes, ou até mesmo alguns deles, vão se transformar em boa capacidade para trabalhar e produzir bons resultados. Ou seja, é tornar-se uma usina de energia.
De acordo com José Moromizato, médico e palestrante, que hoje é considerado um dos grandes incentivadores da medicina psicossomática (ramo da medicina que trata as moléstias orgânicas através da cura da mente), todos, sem excepção, necessitam relaxar diariamente. Por essa razão, o tratamento oferecido pelo especialista pode ser aplicado em todos os funcionários da empresa, desde o office boy até o mais alto executivo que precisa tomar decisões rápidas e sob pressão. “Por agir no inconsciente e tratar todos os tipos de emoções armazenadas durante a vida, é ideal para quem actua na área administrativa, cobrança, venda, gerência e directoria”, enfatiza o médico.
Moromizato explica que é comuns as pessoas relacionarem “ter saúde” com “não estar doente”, mas o verdadeiro bem-estar está em muito mais do que a simples ausência de uma patologia qualquer. Do ponto de vista clínico, não estar doente já é suficiente. Mas do ponto de vista fisiológico, não. Vários critérios físicos podem ser levados em consideração, como a capacidade de absorver oxigénio para produzir energia (capacidade aeróbica) tônus muscular e flexibilidade.
O método do relaxamento, praticado por Moromizato, tem seus fundamentos e princípios norteados pelo Treinamento Autógeno de Schultz. Simples e efectivo, pode ser realizado durante 20 minutos diários, que levam o indivíduo a um profundo nível de relaxamento e trazem alívio aos efeitos do stress e das demais doenças que têm origem no inconsciente. A pessoa precisa sentar-se confortavelmente e seguir as instruções que são gravadas em um CD pelo médico. Se comparados os objectivos destas práticas com a meditação e exercícios de Yoga, é possível encontrar, praticamente, as mesmas finalidades. São oferecidos, também, uma palestra sobre doenças psicossomáticas e outros males da vida moderna e um acompanhamento mensal ou trimestral sobre o rendimento de produção com a utilização do treinamento.
A técnica age como facilitadora da homeostase corporal (equilíbrio das funções vitais do corpo humano), promovendo descanso muscular e dilatação dos vasos sanguíneos. “O sangue é o principal mensageiro do organismo, pois ele é o responsável por carregar milhares de compostos químicos, essenciais à alimentação celular, além dos seus compostos básicos, que são os glóbulos vermelhos, brancos e as plaquetas. Desta forma, um corpo tenso tem uma circulação sanguínea prejudicada, devido ao fechamento dos vasos. Quando o indivíduo tem a prática diária de relaxar, seus vasos sanguíneos estão propensos a maior elasticidade, e o sangue tende a circular com maior facilidade pelo corpo, chegando, inclusive, às extremidades com mais eficiência”.
Além do relaxamento, Moromizato utiliza a repetição de sugestões positivas. Estas foram acrescentadas ao relaxamento, no momento em que o especialista teve consciência de que tudo o que é assimilado na vida é através do aprendizado. Essa mesma percepção foi obtida por teóricos da Neurolinguística e de diversas teorias comportamentais contemporâneas, que foram divulgadas a partir dos anos 70.
Para manter o bem-estar - Além do relaxamento, é preciso gerenciar a saúde e tomar conta de alguns itens fundamentais, como alimentação, exercícios físicos, sono reparador com qualidade, para que a administração do stress seja feita da melhor forma possível. Confira alguns itens:
Alimentação balanceada: O aconselhável é ingerir proteínas (animal e vegetal) na porção de 20% da refeição e nunca mais que 20% de gordura (de preferência de origem vegetal, não saturada) e 60% a 70% de carboidratos (mais polissacarídeos, como o amido, e menos doces), não esquecendo das vitaminas, sais minerais e fibras. “Comer mais frutas, inclusive na hora do trabalho, aumenta a concentração, disposição e não empanturra, o que geralmente acontece com que opta por fast foods, salgadinhos e doces”.
Exercícios físicos: As exigências da vida profissional sempre demandam mais tempo e dedicação. Entretanto, isso não é desculpa para levar uma vida sedentária. Deixar o carro em casa e caminhar ou optar por subir alguns degraus de escada ao invés de pegar o elevador são boas medidas. Além disso, há as academias, que hoje contam com inúmeros programas de exercícios para todos os bolsos e preferências. Alongar o corpo, também, durante o horário de trabalho, é excelente, porque relaxa os músculos e evita problemas de postura e articulações.
Um bom sono: Devido à correria do dia-a-dia e à ansiedade constante em que vive o ser humano, hoje, dormir bem tornou-se, praticamente, um sonho para muitos. Para isso, o ideal é relaxar antes de dormir e afastar pensamentos pesados e preocupações, substituindo-os por acontecimentos e lembranças positivos. Outro erro muito corriqueiro é deixar o descanso de lado para pôr uma determinada tarefa em dia. Em nosso milénio, temos comunicação em rede, Internet, telefones celulares e aparelhos televisores sintonizados com canais de todo o mundo, que fornecem notícias ao vivo, através de satélites, de maneira instantânea. Tamanha evolução trouxe, mais rapidamente, ao homem, uma sobrecarga de informações, às vezes desnecessárias, que demandam do organismo uma série de mecanismos para compensar tamanha tensão que a vida moderna traz.
Combatendo o stress: Não dedicar um momento do dia para relaxar e dedicar a fazer coisas que dão prazer, significa perder em produtividade e qualidade. Dez minutos já fazem uma grande diferença, se a pessoa aprender a relaxar e desligar-se durante este tempo. Não adianta o trabalhador ter uma hora de almoço se ele utiliza essa hora para preocupar-se com outros problemas, sair para resolver outras coisas. O correcto é separar 10 minutos, sentar-se, fechar os olhos e prestar atenção na própria respiração. Isso é relaxamento, pois não basta somente relaxar o corpo, é preciso desligar a mente.


Perfil do médico Jose Moromizato - Em plena actividade profissional, José Moromizato celebra o facto de ser um incentivador da medicina psicossomática no Brasil. Actuando ao longo de 20 anos como cirurgião, observou que, apesar da intervenção, não raro a doença voltava a se instalar nos pacientes. Foi a partir dessa observação que desenvolveu a sua eficaz e revolucionária terapia. Actua também como palestrante. (http://www.josemoromizato.com.br/)

27 setembro 2008

Amizade

A sabedoria popular sempre suspeitou, os poetas bem que avisaram, e a ciência agora tirou a última gota de dúvida: a falta de amigos causa arteriosclerose, inflamações, diabetes, contrações nos vasos sanguíneos e pode até matar. E a amizade? Bom, essa aí é o antídoto: ajuda a equilibrar a mente e evitar doenças pelo corpo.
Há sete anos, neurocientistas, psicólogos e biólogos de três universidades americanas estudam os efeitos das relações sociais na saúde de 1,2 mil pessoas. Elas passam por testes sensoriais, fazem também exames de saúde e um diário, contando os segredos de vidas ora solitárias, ora cheias de amigos.
Veja o vídeo:



Fonte: Programa Globo Reporter - Rede Globo - Brasil

21 setembro 2008

Crenças limitantes, como identificá-las e mudar o padrão.

O tema crenças pode ter conotação religiosa, nos remete a fé. Em Programação Neurolinguística crenças são as generalizações que fazemos sobre outros, sobre o mundo e sobre nós mesmos. Isto porque acreditamos que são verdadeiras as experiências que vivemos em família, entre amigos e mestres e, realmente, são verdadeiras por representarem os valores fundamentais, referências para o nosso estilo de vida.
Contudo, há que se questionar, pois as aparências podem não ser a realidade. Existem crenças fortalecedoras que nos ajudam a atingir objectivos relevantes, outras, entretanto, agem como se fossem amarras ou correntes que nos impedem de agarrar as oportunidades que batem às nossas portas.
A mudança de padrão mental começa ao assumirmos que o modo de pensar está confortável, porém não nos levará além do lugar comum. Desconfie quando perceber que a sua carreira está apenas seguindo o fluxo sem grandes expectativas. Desconfie quando seus sonhos continuam sendo sonhos. Pergunte a si mesmo, o que poderia ser diferente disso?
Existem várias estratégias em PNL para promover a mudança de crenças. A técnica “Metamodelo” é uma delas. São perguntas que nos motivam a reflectir, a escutar os outros e a nós mesmos.
A técnica “Metamodelo” é uma ferramenta extraordinária para colectar informações, especificar uma mensagem, uma crença e entender os significados. Compreende um conjunto de instrumentos com os quais podemos construir uma comunicação mais clara. Ao aplicarmos essa técnica, podemos identificar limites e ampliar as escolhas. Para isto, faz-se uma sequência de perguntas usando: O que; Quem; Qual; Como; Onde; Quando e Porque. O “Porque” é útil para extrair o valor, o significado pessoal.
Uma pratica indicada para se conscientizar do padrão de pensamento e do padrão das pessoas do convívio, é prestar atenção nos diálogos. Observar a construção das frases e palavras mais usuais. Há indícios de crenças limitantes quando você ou alguém pronuncia: “eu não consigo”; “eu não posso fazer isso”; “é difícil”; “isso não é para mim”; “todo mundo é assim”.
Sou capaz de apostar que entre seus familiares, amigos e colegas de trabalho têm pessoas com padrões de pensamentos optimistas. Aquelas entusiastas que descrevem tão bem os seus sonhos que você, praticamente, consegue ver a realização e, surpreendentemente, depois de algum tempo, presencia a celebração do que foi anunciado. O que as diferencia? Seria a motivação por um propósito maior, um projecto de vida?
Uma das crenças que afecta muitas pessoas é que “ganhar dinheiro é difícil”, se for o seu caso exercite e perceberá a diferença ao reescrever o que quer em vez disso. Comece com uma mudança simples, substituindo a palavra difícil por “ganhar dinheiro não é fácil”. Desafie novamente e poderá chegar a uma nova sentença mais específica e positiva, como: “Eu posso ganhar dinheiro com as habilidades que possuo”.
Um exercício que recomendo é o mapeamento das crenças. Pegue uma folha de papel e relacione suas crenças. Avalie cada uma delas, separe aquelas chamadas de fortalecedoras, que impulsionam em direcção aos objectivos e desafie as demais.
Para desafiar uma crença usando a técnica “Metamodelo”, um bom exemplo a explorar é: “ganhar dinheiro é difícil” ou poderá escrever a sua própria crença e usar as questões a seguir para especificar o significado e, talvez, decidir pela mudança.
1-O que exactamente você quer dizer com isso?
2-Todas as pessoas do seu relacionamento acreditam que ganhar dinheiro é difícil?
3-Se ganhar dinheiro fosse fácil, o que isto lhe proporcionaria?
4-E você conseguindo isto, como se sentiria?
5-E com esse sentimento, o que você faria de diferente para ganhar dinheiro mais facilmente?
6-Quem vai se beneficiar com isso? Quem mais?
7-Quando vai começar?
8-Como vai saber que conseguiu?

Tenha em mente que você pode mais do que acredita ser capaz. Presenciamos um lindo espectáculo recentemente, as olimpíadas de Pequim. Fiquei impressionada com a determinação da atleta Russa que já havia conquistado a sua medalha de ouro no salto com varas e se desafiou a quebrar o próprio recorde. Qual é realmente o nosso limite? Acredite em você!

“Se o pensamento corrompe a linguagem,

a linguagem pode também corromper o pensamento”.
George Orwell

Noscilene Santos vai intervir como oradora no 1º Congresso de Coaching e Programação Neurolinguística - PORTUGAL
É brasileira, sócia fundadora da empresa People Training. Certificação Internacional em Coaching pelos Institutos: ICI - Internacional Association of Coaching Institutes e ECA - European Coaching Association.
Possui especialização em Gestão Empresarial. Licenciatura em Comunicação Social e Administração de empresas. Formação em Hipnoterapia Ericksoniana; Master Trainer em Programação Neurolinguística.
Actuou como executiva no mercado financeiro. .
É palestrante e facilitadora em treinamentos in company desde 1999.
noscilene.santos@peopletraining.com.br

A PNL e a Hipnose - sessão 20 de Setembro

Ontem foi realizada mais uma sessão do Grupo de Estudo PNL - Lisboa.

O Hipnoterapeuta Luís Farrajota fez a aprentação "A PNL e a Hipnose", na qual foram abordadas as aplicaçoes da hipnose terapêutica e aplicadas técnicas de auto hipnose.
Foi uma manhã rica em partilha de conhecimentos e experiências.

Muito Obrigada a todos que participaram e o meu especial agradecimento ao querido amigo Luís Farrajota.


A PNL e a Hipnose
View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: pnl hipnose)

Padrões de Linguagem Hipnótica "A arte de ser precisamente vago"

ESTRUTURA DA LINGUAGEM

Segundo a Gramática Transformacional de Noam Chomsky, conceitos, ideias e pensamentos, (estruturas profundas) não estão inerentemente ligados a nenhuma forma de linguagem, mas podem ser expressos através de uma variedade de expressões linguísticas (estruturas superficiais). Por exemplo as palavras casa, house ou chez referem-se ao mesmo conceito mental e aos mesmos dados experienciais. De maneira semelhante as frases “o gato caçou o rato” e “o rato foi caçado pelo gato” referem-se ao mesmo evento mesmo que a sequência de palavras seja diferente.

Ideias e pensamentos complexos chegam à superfície como linguagem, depois que uma série de “transformações” os convertem em frases bem formuladas. Estas transformações agem como um tipo de filtro para as nossas experiências profundas. O processo de transformação da estrutura profunda em estrutura superficial (linguagem) é chamado de “derivação”.

ESTRUTURA SUPERFICIAL: o que é falado ou escrito (que foi derivado da estrutura profunda)

ESTRUTURA PROFUNDA: pensamentos, conceitos ideias

Os criadores da Programação Neurolingüística-PNL, Bandler e Grinder afirmam que este movimento da estrutura profunda para a estrutura superficial se dá através de processos de omissão, generalização e distorção. Então, alguma informação é necessariamente perdida ou distorcida na transformação ou “derivação” da estrutura profunda para a superficial. Na linguagem, esses processos ocorrem durante a transição ou tradução da estrutura profunda (imagens mentais, sons sensações e outras representações sensoriais que estão guardadas em nosso sistema nervoso) para a estrutura superficial (palavras, sinais e símbolos que escolhemos para descrever ou representar nossa experiêncial sensorial primária).

A PNL amplia a noção de estrutura superficial e estrutura profunda para incluir mais que os processos linguísticos e representações. Ela considera como parte da estrutura profunda as experiências sensoriais e emocionais ou “experiência primária”. A linguagem é, então, “uma experiência secundária”, isto é, uma parte de nosso modelo de mundo que é derivado de nossa experiência primária.

Para compreender e perceber o sentido das palavras e da linguagem que ouvimos ou lemos, fazemos, automaticamente, o movimento contrário, conectando a linguagem (estrutura superficial) com a estrutura profunda (experiência sensorial e emocional, registos, memória etc). Denominamos esse processo de “pesquisa ou busca transderivacional”. Assim, as palavras funcionam como âncoras para experiências guardadas na estrutura profunda. Quanto mais vaga e cheia de omissões, generalizações e distorções for a linguagem, mais pesquisa transderivacional será necessária para sua compreensão.

Como a indução do transe hipnótico se dá através do focar e internalizar a atenção, esse tipo de linguagem funciona muito bem na indução e na hipnoterapia. Com essa linguagem podemos guiar a experiência interna do cliente sem o risco de choque com a sua experiência sensorial. Podemos denominá-la de “linguagem de processo” ou linguagem sem conteúdo. O ouvinte vai colocando o conteúdo que ele necessita trabalhar. Essa é a linguagem ideal para activarmos as buscas e processos inconscientes que o cliente necessita para a resolução de seus problemas e conflitos e para a acessar os recursos para atingir seus objectivos na terapia.

11 setembro 2008

05 setembro 2008

Próxima Sessão - Setembro


Data: 20 de Setembro
Horário: 10h - 13h
Local de Realização: Rua Padre Américo, 19D - sala D
Inscrições e Informações: geral@cdrh-consultores.com (Vagas Limitadas)

02 setembro 2008

1º Congresso de Coaching e PNL - PORTUGAL

Datas: 24 e 25 de Outubro
Local de Realização: Centro Cultural de Belém
*Desconto de 10% para os Participantes
do Grupo de Estudo PNL - Lisboa*
Mais informações: geral@cdrh-consultores.com


Oradores

31 agosto 2008


"...A presença do mar, a presença das coisas físicas que a gente têm não saem da memória, e a memória vê. Embora você tenha o desgaste dos sentidos, da visão, da audição... "


"...Vejo tudo o que quero com o sentimento da memória. Então, se eu quiser ver aquela paisagem, aquela coisa, não preciso trazer o mar para perto de mim, ele está no meu coração. "

Dorival Caymmi

30 agosto 2008

Sessão 30 de Agosto

Ancoras
View SlideShare presentation or Upload your own.

Muito Obrigada a todos os participantes que interagiram nesta sessão do Grupo de Estudo PNL - Lisboa.
O meu especial agradecimento a nossa querida Paula Freire.
Teresa

20 agosto 2008

Inteligência Emocional e Sexualidade

André Percia e Patrícia Franca


A sexualidade é um aspecto importante na dinâmica sistémica de vida do ser humano e traz muitas pessoas aos consultórios de terapia e Coaching. Ao atender estas pessoas temos a oportunidade de possibilitar que as mesmas tenham uma vida sexual mais harmónica e saudável, ficando desta forma em equilíbrio com toda a sua vida emocional interior.
Viver a sexualidade com inteligência emocional requer uma maior disponibilidade para fazer distinções, que são necessárias a gestão das emoções. Implica em reconhecer um sentimento enquanto ele ocorre na medida em que se escolhe permitir-se apto para adequá-lo as situações, direccionando-as e aprendendo com elas. Reconhecer um sentimento no outro também faz parte de viver Inteligência Emocional, afinal, sexo é uma experiência a dois, onde é possível proporcionar prazer e motivar o parceiro enquanto se motiva e sente prazer.
De acordo com a Neurociência, pensamentos e emoções estão associados a uma rede neuronal. Alguns destes pensamentos ou sentimentos são “bons”. Os bons resultados podem ficar ainda melhores. Os resultados ainda uma última vez significados como “ruins” podem ser transformados, criando novas conexões neurais. Vamos mostrar através de exercícios como é possível encontrar novas formas de mudar estas conexões produzindo resultados cada vez melhores, inteligentes e saudáveis. Experimentando a Inteligência Emocional a vida sexual, pode transformar outros aspectos da vida também. É como o efeito dominó. A vida é uma rede sistémica de inacreditáveis e infinitas possibilidades prazerosas
Experimentamos o sexo com os cinco sentidos. Quando temos o foco no presente, em todas as emoções e sensações temos a possibilidade de experimentar o sexo de forma mais profunda e saudável. Não existe certo ou errado quando o assunto é sexo. Acreditamos que uma vida sexual saudável acontece quando está de acordo com os nossos valores e regras. Quando estamos congruentes com nossos valores e regras, aumentamos as chances de construir uma vida sexual prazerosa e saudável.
Torná-la melhor e refiná-la é como fazer um cocktail de infinitas possibilidades e escolhas!




André Percia de Carvalho é psicólogo, escritor, 22 anos ministrando cursos e palestras sobre assuntos relacionados a mente humana, 18 anos de sólida experiência como psicoterapeuta, hipnoterapeuta, coach. MBA em Gestão pela Qualidade Total (UFF) e consultor. Full Member da International Parapsychological Association e autor de livros como “Aprendiz de Feiticeiro”, “Gol de Cabeça”, “Extraordinary Dreams”, “Sonhos Exóticos”, “Casas Mal-Assombradas” e de paper em periódicos académicos e populares diversos. Certificado internacionalmente como Master Practitioner e Trainer em PNL.


Patrícia Franca é Psicóloga, Pós-Graduada em Psicologia Junguiana na PUC, com certificação internacional em Hipnoterapia, membro da English Hypnosis Association. É Master Practitioner e Trainer em PNL e Coach com certificação internacional. Desenvolveu um trabalho com pacientes em hospitais (CTI). Ministra cursos de formação em PNL assim como workshops em diversas áreas visando o aprimoramento humano e seu desenvolvimento em vários níveis. Consultora empresarial na área motivacional, escritora e conferencista internacional.





Patrícia Franca, Michael Grinder e André Percia no V Congresso Latino Americano de PNL (2007), em Salvador (Brasil)








Patrícia Franca e André Percia no VI Congresso Latino Americano de PNL (2008), onde apresentaram o tema PNL e Sexualidade

18 agosto 2008


"Não quero que a minha casa seja cercada de muros por todos os lados e que as minhas janelas estejam tapadas. Quero que as culturas de todos os povos andem pela minha casa com o máximo de liberdade possível"
Gandhi
As palavras não têm energia alguma, a não ser que criem ou façam surgir uma imagem. A palavra em si mesma nada possui. Uma das coisas das quais sempre me lembro é:
"Quais as palavras que fazem surgir imagens nas pessoas?"
Então, as pessoas seguem o sentimento criado pela imagem.

Virgínia Satir

12 agosto 2008

Panorama Social - Lucas Derks




Padrões de pensamento social e
a transformaçãodo comportamento social inconsciente
José Figueira

Já Korzybski dizia: Não é o mundo que cria problemas psíquicos nas pessoas. É sim a maneira de como as pessoas se representam o mundo!
O desenvolvimento pessoal, a psicoterapia e o coaching, tanto individual como para organizações, devem ter pois como fim a transformação da imagem do mundo do cliente.
O Panorama Social Mental não vem da América, é finalmente uma criação genuína nascida no solo europeu por um tal psicólogo formado em psicologia clínica e social, Lucas Derks, que está trabalhando com colegas da Alemanha, Finlândia, Dinamarca, Holanda, Polónia. É um resultado de investigação e modelagem, do desenvolvimento e da aplicação da Programação Neurolinguística (PNL) e não é uma aplicação qualquer. É sim, para compreensão daqueles que já tiveram o privilégio de experimentar o impacto da Programação Neurolinguística, uma aplicação da PNL a 100%.

A pergunta tanto em PNL como no Panorama Social é a mesma: como se pode transformar rapidamente a maneira de como eu mesmo ou o cliente se representa o mundo, como transformar a forma de como nos representamos a nós mesmos e nos representamos na nossa relação com os outros de modo a realizarmos mais facilmente os nossos objectivos e alcançarmos um alto grau de satisfação pessoal?

A resposta mais imediata do Panorama Social está inserida no pressuposto: a localização de mim e do outro que inconscientemente é projectada no meu espaço mental de 360º a 3 dimensões, determina a minha relação com o outro.

Ora desde os anos 70 que a PNL fornece os meios para finalmente podermos explorar esta relação que se processa ao nível do inconsciente. O Panorama Social Mental explicita e dá um passo ainda maior na exploração e transformação destas relações.

Muitos dos problemas psicológicos fundamentais que experimentamos no momento actual têm a ver com a posição da mãe ou do pai, muitas vezes do irmão ou da irmã, do avô ou avó, do namorado ou namorada, do companheiro(a), do patrão, do chefe e até dos antepassados. Tem a ver sobretudo, com a posição que nós mesmos tomamos neste todo. Ora as técnicas da PNL e do Panorama Social Mental em particular, têm como fim literalmente reajustar posições de modo que nos ajudem a determinar para nós mesmos uma vivência tal para que possamos afirmar no fim de contas que a vida valeu a pena ser vivida.

A intervenção mais simples e rápida em coaching, terapia ou qualquer sessão de auto-desenvolvimento pode muito bem ser muitas vezes uma sugestão directa – o que equivale a uma simples mudança de localização. Imagine no seu panorama mental algo que até agora oferece dúvidas, repentinamente colocado numa posição central. Muito possivelmente o mesmo facto passou num décimo de segundo a ter outra significação. Pessoas experientes de PNL conhecem o efeito imediato do distanciamento, deslocação, redução de tamanho e abaixamento posicional dum “agressor” ou duma qualquer outra figura menos simpática das nossas relações – ora até agora, que eu saiba, nunca foi explorado o espaço mental da experiência social subjectiva a 3 dimensões como Lucas Derks o fez – é a este espaço mental da experiência social que chamamos “Panorama Social Mental”.

O Panorama Social é povoado por “personificações”. De forma inconsciente criamos estruturas de pensamento sobre os outros e damos a essas estruturas um lugar no disco rígido do nosso computador cerebral. A partir daí o outro passou para sempre a povoar a nossa vida. Delete é impossível. Trata-se duma imagem a que atribuímos determinadas sensações e características. Quando vimos o outro, a imagem que criámos do outro é activada. A nossa reacção ao outro está em correlação directa com a imagem que fazemos do outro, da personificação do outro, e da personificação que faço de mim. E o outro faz o mesmo.

Personificar é pois criar uma imagem de mim e do outro. Dar à personificação do outro um lugar na minha memória, um lugar em relação a mim.

A localização é a base da existência. Se eu ou o outro não tem um lugar, então não existe. “Fantasmas” existem simplesmente pelo facto de que têm lugar na nossa mente. No fundo a discussão sobre a existência ou não de “fantasmas” já podia estar fechada. O importante é como os “fantasmas” funcionam. Estão ou não ao nosso serviço? E como é que os pomos ao nosso serviço no nosso Panorama Social Mental ou no nosso “Panorama Espiritual”?

Quais são os padrões específicos que determinam a minha auto-imagem? Como posso fortalecer o meu Eu? Como posso deslocar as imagens negativas de mim para outro lugar da minha Paisagem Social Mental de modo que a negatividade seja atenuada? Que recursos tenho ao meu dispor para oferecer àquela imagem ainda fraquinha de mim naquele canto obscuro do meu panorama mental? E no momento em que, por exemplo, desloco ou, se isso não for suficiente, ofereço a essa imagem os recursos de que precisa, a auto-imagem muito possivelmente desloca-se automaticamente na paisagem mental a 3 dimensões e, se calhar, de repente cresce e adquire nova cor.

Como construímos o poder e a autoridade? Qual é o segredo da autoridade sobre os outros? Ou como damos autoridade aos outros? O pressuposto básico em questões de poder e autoridade é precisamente que a “representação domina a interacção”. Não há ninguém que tenha poder sobre nós se não tivermos colocado de antemão a personificação numa posição privilegiada de poder no nosso Panorama Social. A posição em que colocámos a personificação do outro no nosso panorama, domina a imagem que temos de nós. É este o segredo da autoridade e do poder de mim e dos outros.

E o que fazemos com pessoas, fazemos com grupos. Como personificamos grupos? Com que atributos? Atribuímos à personificação do grupo, no nosso Panorama Social Mental, todos os atributos que consideramos humanos? Todos os atributos são importantes, mas no nosso Panorama Social Mental há um local especial para grupos privilegiados e há um lugar específico para os adversários e supostamente perigosos. Desloque, se ainda os tem, os supostamente perigosos para o lugar dos socialmente agradáveis, faça um cocktail e muito possivelmente descobrirá que o mundo pode ser ainda mais agradável do que até agora supunha.

A base da nossa personalidade reside muito provavelmente na maneira como o Panorama Familiar Mental está organizado num determinado período da vida. O Panorama Familiar Mental forma uma das mais poderosas bases para uma transformação radical. Oferece, duma forma altamente eficiente, uma versão alternativa pura e simples da PNL para as surpreendentes Constelações Familiares de Hellinger, com uma grande vantagem, sem a necessidade de ter que recorrer a representantes.

Acima do Panorama Social Mental situa-se o nosso Panorama Espiritual, povoado por defuntos, anjos, deuses, fantasmas, etc.. A deslocação duma pessoa falecida para uma localização mais pacífica no Panorama Espiritual pode ter uma influência altamente benéfica em problemas relacionados com luto.

O Panorama Social pode ser empregue ainda em formação, em teambuilding e em organizações. Muitos dos problemas dentro de organizações têm a ver com as representações que os membros da organização têm de si mesmo e dos outros. Não é provável uma transformação sólida duma organização sem transformar o Panorama Social dos seus membros.

Tal como toda a PNL, o Panorama Social Mental é um modelo que não tem pretensão de Verdade. Parte unicamente de pressupostos, mini-teorias que se afiguram muito úteis na prática. Um dos pressupostos que tem levado a muitas especulações metafísicas em intervenções noutras disciplinas é o pressuposto do efeito que a transformação individual tem nos outros. Se modificamos no nosso Panorama Social a personificação do outro, isso terá inevitavelmente consequências no nosso comportamento verbal e não-verbal que será certamente apercebido pelo inconsciente do outro. A directa consequência será que muito possivelmente o outro modificará de forma automática a sua atitude...

08 agosto 2008

Workshop


“Filosofia, Criatividade e meia dúzia de chapéus às cores”

Filosofia com Crianças

Formadora: Joana Sousa – Certificação em Six Thinking Hats® de Edward de Bono
Público-alvo: professores, educadores de infância, profissionais da educação, pais… Todos os interessados em conhecer e dominar técnicas que visem desenvolver a capacidade cognitiva da criança, bem como as competências dos pensamentos crítico, criativo…
Data de realização: 27 de Setembro de 2008 pelas 10h30min
Inscrições e Informações:
Immensus Saberes - info@immensus-saberes.pt

04 agosto 2008

Grupo de Estudo PNL - São Paulo




O Grupo de Estudo PNL – Lisboa é um projecto internacional que tem raízes no Brasil, nasceu de uma parceria com as empresas IDEP – Instituto de Desenvolvimento Pessoal e Profissional e Sam Jolen Coaching e Treinamentos.

Em São Paulo já foram iniciadas com sucesso as actividades do Grupo de Estudo PNL – São Paulo

Foi criado recentemente em Natal pela empresa Humano Center o Grupo de Estudo PNL - Natal

03 agosto 2008

Próxima Sessão do Grupo de Estudo PNL - Lisboa


Data: 30 de Agosto, das 10h às 13h
Local: Rua Padre Américo, 19D - sala D - Telheiras
Inscrições: geral@cdrh-consultores.com ( Vagas Limitadas)
Evento sem fins lucrativos, será cobrado apenas 6€
- Coffee Break e Certificado de Participação

Âncoras Musicais

Artigo publicado nos média brasileiros entre jornais, revistas e internet sobre o tópico âncoras com abordagem auditiva e/ou musical do curso de formação e certificação internacional – Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) em 13 de junho de 2001, por Alexandre Bortoletto.

A modalidade sensorial auditiva é com certeza uma poderosa fonte de ancoragem, trazendo uma forte sinestesia ou emoções para quem realmente lhe dá atenção.
Certa vez estava assistindo a um filme conhecido, "Rocky IV", e de repente me surgiu a idéia de apertar a tecla "mudo" do meu controle remoto, e aconteceu uma coisa interessante, as cenas de luta e preparação para lutar daquele filme, que sempre nos emocionava e nos inspirava, ficou estranho, tinha perdido o efeito, parecia apenas uma daquelas lutas comuns, quando você apenas torce, mas não te emociona e muito menos é inspiradora.
Esse tipo de música "pano de fundo", também chamado de "Música Incidental", é uma das principais âncoras (um estímulo específico; visão, som, palavras ou tacto que automaticamente desperte uma determinada lembrança e estado físico e mental) ou tipo de âncora usada na TV, nas propagandas e filmes ou qualquer meio de comunicação que esteja interessado em resultados.
Pense na cenas finais dos filmes, ET e Titanic, ok... agora tire suas músicas e pronto nenhum deles ganhariam "Oscars", pois a música é uma coisa muito poderosa em nossas vidas, com certeza você já deve estar pensando em dezenas ou centenas de filmes ou propagandas onde isso poderia ocorrer.
O inverso também é válido, ou melhor, seria uma das maneiras pela qual compramos CDs e ouvimos músicas, mas muitas vezes não aproveitamos as músicas como deveria, apenas escutamos e cantamos, mas nunca ancoramos , pois elas são um recurso incrível que podemos usar para nós mesmos ou com clientes, temos aparelhos de som, mp3 player ou leitor de CDs no carro e continuamos irritados com trânsito, trabalhamos e continuamos stressados e mal-humorados, enfim, não tiramos um tempinho para poder incorporar essas músicas, as músicas que mais gostamos, em nossa vida.
Os adolescentes são incríveis com isso, eles usam correctamente todo esse potencial musical, geralmente os jovens usam a música como uma forma de identidade e acabam usando suas músicas não apenas para escutar e curtir, mas eles "vestem", "cortam os cabelos", "se alimentam" com suas músicas. Não há nada de errado nas músicas actuais, muito pelo contrário, está tudo certo, pois a música que é uma arte, ela deve transmitir emoções, sensações e visões para quem a desfruta, o verdadeiro propósito da música é com certeza uma boa e fortificante âncora.
Não existe música ruim, existe sim músicas sendo usadas em contextos errados. Toda música tem um Tempo, um ritmo, como toda experiência têm uma sequência de submodalidades (as qualidades sensoriais percebidas em cada um dos cinco sentidos. Por exemplo: as submodalidades visuais incluem cor, forma, movimento, brilho, profundidade, etc. As submodalidades auditivas incluem volume, altura, andamento, etc. e as submodalidades cinestésicas incluem pressão, temperatura, textura, localização etc.). Particularmente não usaria uma música do "Sepultura" para relaxar ou dormir, poderia usar uma Paixão ou Fuga de "J.S. Bach", mas para ir na academia ou fazer esteira, com certeza usaria o tema do filme "Rocky IV" ou qualquer música com um ritmo mais acelerado, com certeza o "Adágio em Sol menor" de Tomazo Albinoni não vai inspirar nenhuma abdominal. Bom, podemos usar e abusar de todos os tipos e estilos de músicas que existem, para criar uma âncora para as tarefas e rotinas de nossa vida cotidiana, basta aproveitar.
Lógico que alguns tipos de músicas ou conjuntos músicas, tem em suas letras, sugestões maléficas, que podem ser interpretadas de uma forma errónea por nós, pois a música também é uma poderosa fonte para um estado alterado de consciência, um bom transe. Como aconteceu no mês de abril no Colorado, EUA, onde dois jovens de uma gang, fãs do conjunto de rock, Marilin Mayson, fizeram um massacre numa escola, matando alguns alunos. Por isso tome cuidado com o que escuta, use a música mais pelo seu lado instrumental, pelo seu ritmo, melodia e harmonia, mas desconsidere algumas letras, pois a maioria não diz nada, ou seja, as letras das músicas tem muito modelo Milton de linguagem, então as pessoas interpretam cada uma, da sua maneira.
Alguns musicoterapeutas dizem que a música barroca desperta um estado favorável para o aprendizado, realmente é excelente, mas para as pessoas que gostam de Bach, Vivaldi, Albinoni, etc..., não sei se um adolescente iria gostar desse tipo de música ou terapeuta, os jovens geralmente já tem suas preferências musicais, alguns iriam adorar e outros detestariam. Como disse; não existe música ruim, apenas devemos pegar uma música predilecta, criar nossa experiência com um admirável recurso para o aprendizado e pronto, estamos ancorados, lógico que com repetição, tudo melhora, pode ser que um jovem de 14 anos, sinta-se com muitos recursos para aprender matemática ao som da banda "Metallica" e com uma pessoa de 45 anos os recursos para aprender matemática estejam nas ricas harmonias e composições de Tom Jobim, enfim cada pessoa é única, não importa o contexto, não importa a música, o que importa é que isto é um condicionamento estímulo-resposta directo, uma âncora auditiva.
As âncoras devem sempre ser accionadas da mesma forma, seja visual, auditiva ou cinestésica, mas com as auditivas, com as músicas, não tem problema, pois geralmente estão em forma de CDs, gravadas de uma forma que não podem ser alteradas. Elas vão ser sempre accionadas da mesma forma, mas você pode intensificar o estímulo-resposta através do volume, grave-agudo, estéreo-mono e balance de seu equipamento de som, isto são as submodalidades disponíveis, que transformarão e deixarão suas âncoras-musicais ainda mais poderosas.
Como criar tudo isso? É muito simples, não há necessidade de estar dentro do contexto, por exemplo, dirigindo seu carro, você apenas precisa se imaginar dirigindo. Primeiramente coloque para tocar em seu equipamento de som uma música adequada ou que você goste muito, sente-se confortavelmente e comece a reviver a experiência de dirigir, dirigindo com seu carro muito confortavelmente e tranquilo, relaxado e despreocupado, mas com atenção e segurança, e perceba; que mais recursos necessito em minha experiência? Seleccione todos que você achar adequado e que tornariam ela ainda melhor. Vá mudando as submodalidades visuais até sentir que está do melhor jeito para você. Quando a música terminar, você pode repetir mais algumas vezes, mas com toda a experiência já modificada. Pronto, você ancorou sua experiência à música e toda vez que for dirigir, use-a no equipamento de som de seu carro, e toda aquela sensação agradável irá voltar, e com o tempo, não haverá mais a necessidade da música, você simplesmente entrará no carro e aquela sensação voltará, quem sabe até a música também e você poderá cantar ou assobiar enquanto dirigir, aproveitando melhor cada momento da sua rotina diária.
Tome algum cuidado, use as âncoras musicais apenas para situações agradáveis e positivas, jamais em desagradáveis e negativas, pois como Richard Bandler fala: "para situações negativas, uma vez é o suficiente".
Você pode usar esse tipo de ancoragem em todo o seu dia-a-dia, ancore você à sua música de acordar, almoçar, jantar, dormir, dirigir, trabalhar, meditar, estudar, etc..., enfim, tudo na sua vida pode ter um fundo musical e todas as suas experiências serem como um filme, seja o director desse filme e também o produtor musical dele, faça sempre a pergunta: Que música representa essa experiência de minha vida? Quem sabe você não aprende a tocar um instrumento musical, seria óptimo, hein!!! Então lhe pergunto: Quanto prazer você pode aguentar? Mais Música, mais Prazer na sua vida. Como Confúcio já dizia: "Como na Música, assim na Vida".

ALEXANDRE BORTOLETTO é musicólogo, proprietário e professor do SMAB College of Music e Master Trainer em PNL. www.alexandrebortoletto.com
Publicado no Golfinho Impresso Nº56